12/10/2010

Dicas nutricionais para atividade física

 Se você me disser que seguir um programa nutricional equilibrado é melhor do que comer de tudo, meus parabéns! Na verdade seguir uma dieta é o grande obstáculo para a maioria dos praticantes de atividade física. Independente do objetivo ser saúde, estética ou melhora de desempenho, não podemos fugir do equilíbrio alimentar. Consultar um especialista (nutricionista) é um investimento que você estará fazendo em si próprio e que é o diferencial para atingir das metas traçadas. Para tal, encontramos no mercado a opção de nutricionistas que se especializam em exercício, sendo está à opção mais procurada por clientes de academias.
Frequentemente postaremos sobre nutrição neste espaço, com ajuda de profissionais de nutrição de destaque. Nossa intenção é facilitar o entendimento a respeito das dietas e sua influência para os resultados. Tentaremos desmistificar a idéia de "missão impossível" quando se fala em aderir hábitos alimentares saudáveis. Começaremos com dicas básicas que poderão ajudá-los a adequar sua dieta e treinamento.
Dicas para praticantes de atividades físicas
  • As 3 dicas básicas: variedade, moderação e salubridade. Não há alimento mágico, dietas monótonas levam a carências. Até mesmo refrigerantes e salgadinhos, com moderação, podem ser ajustados a uma dieta equilibrada, simplesmente faça escolhas sadias na próxima refeição. Escolhas alimentos naturais ou ligeiramente processados sempre que possível.
  • Os lanches serão seus aliados: eles podem ser bons se você fizer escolhas saudáveis. Isto inclui: iogurte, frutas, sucos, barras de cereais, biscoitos com fibras, sanduíches, etc.
  • São importantes para não chegar ao almoço e jantar com muita fome, nos educar a comer pouco por vez e ter sempre energia para exercícios. ASSIM: até 1 hora antes de exercício use 1 sólido + 1 líquido. 30 minutos antes, só um líquido.
  • Aumente as fibras de sua dieta: elas melhoram o funcionamento do intestino, aumentam a saciedade e diminuem o mau colesterol. Exemplos: frutas com casca, verduras, raízes, cereais integrais. IMPORTANTE! Usando + fibra, use + líquidos.
  • Após exercícios: coma carboidratos, eles repõem energia para próximos treinos e economizam proteínas. É a melhor hora para comer um “docinho”, USE os de alta glicemia: doces, pães, massas, raízes, frutas secas, sucos, frutas.
  • Durante exercícios: reponha líquidos. Até 1 hora=água. Mais de 1 hora (pesado)=bebida esportiva ou maltodextrina (tipo de açúcar) no suco ou chá gelado, isto retarda o cansaço. 
     Note que não existem milagres, as mudanças duradouras são aquelas oriundas de mudanças comportamentais consistentes, obtidas, geralmente, em longo prazo.

Consultoria: Roberta Costi (nutricionista esportiva) – CRN 1930.




2 comentários:

  1. Isso mesmo Anderson, a nutrição e a atividade física têm uma importante relação. Para que os resultados esperados sejam alcançados não é apenas necessário praticar exercícios regularmente, mas também se faz importante a adoção de uma dieta equilibrada em todos os nutrientes, para melhorar a capacidade de rendimento do organismo.

    Parabéns pelo Blog!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por comentar no blog. No que diz respeito a nutrição, aguardo você como colaboradora futura aqui do mesmo.

    ResponderExcluir