17 de abr de 2011

Treino de "PERNAS" para HOMENS.

            Já falamos aqui no blog sobre as pressões que a sociedade exerce sobre a mulher (veja aqui), mas ainda não tínhamos discutido um assunto que diz respeito exclusivamente aos homens. Decidimos falar sobre o treino para membros inferiores em praticantes de musculação, mostrando quanto o mesmo é importante para resultados estéticos e de saúde.
É bem verdade que boa parte dos adeptos ao treino em academias está em busca do “corpo perfeito”, e acabam não se dando conta que negligenciar o treinamento para coxas e pernas não colabora com a composição de um corpo esteticamente bonito e equilibrado (vide figura ao lado). Passou-se o tempo em que elas só olhavam para nossos braços e peitorais. Podemos afirmar que corpos extremamente musculosos atraem muito mais atenção dos homens do que das mulheres. Sem contar que atualmente elas estão cada vez mais exigentes e não dispensam coxas e pernas simétricas, além de um abdômen menos protuso, mas não necessariamente de “tanquinho”.
Diversos são os benefícios quando passamos a levar a sério uma rotina de treino para membros inferiores. Dentre muitos podemos citar:
  1. Fortalece os tecidos moles (tendões e ligamentos), além da musculatura que envolve as articulações do joelho e tornozelo, diminuindo a incidência de lesões;
  2. Promove mais independência a pessoas idosas, aumentando a força e equilíbrio muscular, evitando quedas;
  3. Aumenta significativamente a massa muscular, visto o volume muscular presente nas coxas, promovendo o aumento do gasto calórico durante o treino, gasto calórico total e o metabolismo de repouso. Colaborando de maneira importante a diminuição ou manutenção do peso corporal;
  4. Uma panturrilha fortalecida serve como um “segundo coração” que bombeia o sangue que desce até os pés contra a gravidade, ajudando no retorno venoso até o coração.

         Por isso, passe a valorizar mais os dias reservados para o treino de coxas e pernas. Nada de series leves demais, ou com altíssimas repetições. Treinar próximo ao seu limite, com graus cada vez maiores de amplitudes (salvo casos específicos) é o recomendado.  Três meses de treinos bem planejados garantirá bons resultados. Além de prazeroso, o treino de membros inferiores é desafiador e motivador, devido a grande quantidade de músculos (cerca de quinze), com grande potencial hipertrófico. A saber: extensores (parte anterior da coxa), flexores (parte posterior), adutores (parte medial), abdutores (parte lateral), mais o músculos da perna (tríceps sural e sóleo), que forma as panturrilhas.

Para um treino especifico a sua necessidade procure um profissional de educação física habilitado, pois só ele será capaz de elaborar sua planilha de treino. Bom treino!



7 de abr de 2011

Dia mundial da SAÚDE e VOCÊ.

  Alguma vez você já se perguntou o que é saúde; ou será que a saúde se resume apenas à ausência de doenças? Na verdade, entende-se que não é só isto, pois segundo a Organização mundial de saúde (OMS), ter saúde é possuir uma condição de bem estar, mantendo os aspectos físicos, mentais e sociais em harmonia. Hoje (07/04) comemoramos o dia mundial da saúde; data criada para alertar a população sobre os cuidados e os perigos que a cercam. O objetivo desta campanha é claro: conscientizar as pessoas sobre hábitos que melhoram a saúde e a qualidade de vida.
Como a idéia é alertar e conscientizar, é importante atentar para o nosso comportamento; portanto, responda as seguintes perguntas: você tem cuidado da sua saúde? Tem visitado regularmente seu médico? Tem praticado atividade física? Se sua resposta é sim, parabéns, mas infelizmente saiba que você faz parte da minoria. Ratificando esta informação o instituto ibope publicou no mês de março, do corrente ano, uma pesquisa referente aos hábitos dos brasileiros, constatando que 53% da população alega não se cuidar como deveria por conta da agitação do cotidiano, mas em contrapartida, 78% pagaria qualquer preço por sua saúde, revelando uma verdadeira contradição entre atos e desejos.
Já com relação à atividade física, 79% da população acredita ser importante realizar exercícios físicos, mas apenas 38% pratica alguma atividade pelo menos uma vez na semana. Portando, concluímos que os números demonstram que a população tem acesso à informação e reconhece a importância da atividade física, mas a falta de atitude e priorização ainda é a maior barreira a ser superada.
 Os profissionais da MAIS Atividade Física, nesta data simbólica, lhe convidam a voltar às atenções a você, levando-o a refletir se existe um cuidado com o seu bem maior, a sua saúde. Caso negativo, inicie para “ontem” as dicas abaixo e mude para melhor.
 1.    Mude sua dieta, experimente se alimentar a cada 3 horas (inserindo lanches entre as refeições principais), além disso, diminua a quantidade das porções. Isto, já é um ótimo começo para quem deseja diminuir a gordura corporal;
2.    Movimente-se; é importante andar mais, levar o cachorro para passear, realizar atividades domésticas, evitar o uso de automóveis entre pequenos trajetos, testar as diferentes atividades/esportes até encontrar uma que lhe proporcione prazer;
3.    Diminuir o estresse do trabalho, namorar mais, dar mais atenção à família, evitar o álcool e o fumo e beber mais água, são algumas atitudes que trarão mais qualidade ao seu dia. 
Note que tudo isso é possível e está ao seu alcance. Desde logo, desejamos parabéns por inserir mais anos, com qualidade e independência, a sua vida.