22 de mai de 2011

A importância de uma boa HIDRATAÇÃO!


Normalmente as pessoas costumam subestimar a importância da água nas suas dietas, provavelmente pelo fato da mesma não fornecer energia como carboidratos e gorduras. Por esse motivo, resolvemos chamar a atenção para o tema e sua influência nos resultados do treinamento aeróbio e de musculação. A água é primordial ao corpo, sendo nosso organismo composto por 70% dela. Na nutrição, está bem hidratado possibilita uma melhor digestão, absorção, transporte e utilização de nutrientes essenciais, além de ser o meio onde ocorrem todas as reações energéticas que geram combustível e resistência para o nosso corpo.
Se seu objetivo é ganhar massa muscular ou aumentar seu condicionamento durante a corrida, trate de ingerir um pouco mais de líquidos! Em um organismo bem hidratado a síntese de proteínas é estimulada e a degradação diminuída. Por outro lado, a desidratação celular provoca a degradação e inibe a síntese protéica. Quando há escassez de água ou eletrólitos a força e o controle muscular enfraquecem. Estudos mostram que por menor que seja a deficiência de água, em torno de 2 a 4% do peso corporal, a produtividade do treinamento de força poderá ser reduzida em até 21% e a resistência aeróbia em até 48%, prejudicando e muito o desempenho e os resultados. Além disso, a água atua na regulação da temperatura corpórea, na queima de gordura, (se o organismo estiver devidamente hidratado, o fígado consegue realizar a tarefa de mobilizar gordura armazenada para obter energia), na eliminação das substâncias tóxicas oriundas do metabolismo das proteínas e gorduras e na lubrificação das articulações.
A reposição apropriada de líquidos antes, durante e após exercícios intensos, especialmente em ambientes quentes, é amplamente aconselhada como o primeiro passo preventivo na redução do risco de danos ao organismo. Portanto, inserir intervalos regulares para a reposição de líquidos deve fazer parte do seu treinamento. Uma boa sugestão é beber de 1 a 2 copos momentos antes de começar o exercício, 1 copo a cada 10 a 20 minutos durante o exercício. Em exercícios que demorem mais de 50 minutos tome líquidos com carboidrato durante a atividade (água de coco ou bebida esportiva, por exemplo) e de 2 a 3 copos após o término do exercício. Deve-se dar uma atenção especial aos dias muito quentes ou muito frios, pois está ingestão deverá ser aumentada.

Passe a valorizar o consumo de líquidos durante os exercícios e não deixe que a má hidratação atrapalhe seu desempenho. Bom treinos!



Texto escrito por Izabel Oliveira,
 estudante do último ano de Nutrição da UFPE. 
Twitter: @nutricacaomais








Nenhum comentário:

Postar um comentário