17 de jan de 2013

VÍDEO GAME ATIVO, uma "nova" alternativa de Atividade Física.

   O processo da industrialização incorporado às modificações na vida urbana vem trazendo modificações na sociedade moderna, que estão relacionadas ao estilo de vida da sociedade em geral. A Organização Mundial de Saúde (OMS) mostra que a inatividade física é um fator de risco para o surgimento de muitas doenças crônicas, tais como as doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e câncer, devido às poucas oportunidades de realizar atividade física diária, gerada por tais modificações. O grande avanço tecnológico  está diretamente conectado aos níveis de sedentarismo, independente da faixa etária, e fazem diminuir nossas atividades de lazer,  principalmente depois da "explosão" de acessos à internet e aos jogos eletrônicos, ocorrido no mundo e, também, no Brasil.
  Falando, exclusivamente dos vídeos games, que é um problema típico das crianças, adolescentes e jovens, e a maioria dos jogos exige uma postura sedentária, onde se joga sentado e com uso de um controle, reforçando os baixos níveis de atividade física,  consequentemente, aumentando o risco de doenças. 
  Felizmente, nem tudo esta perdido, e se você é pai e quer ajudar seu filho a movimentar-se mais, ou se é jovem e já começou a sentir o "ônus" do sedentarismo, mas não abre mão dos jogos eletrônicos, temos a alternativa de unir a atividade física e a tecnologia, com o desenvolvimento dos jogos ativos, no qual, permitem que os jogadores movam-se fisicamente enquanto jogam, tornando o equipamento uma alternativa que vem se provando eficiente para no combate ao sedentarismo.
  Em 2010 a Microsoft lançou o Kinect Xbox, que permite o participante simular movimentos dos personagens da tela ou que são exigidos por ela, fazendo que o indivíduo se mobilize livremente enquanto joga, e o melhor: sem a necessidade de um controle.  Nesses jogos os participantes simulam os movimentos, de uma partida de tênis,  rebatendo a bola de volta a "quadra adversária", simulando uma luta de boxe ou até mesmo o movimento de uma cortada durante o jogo de vôlei. E não para por ai, o número de jogos deste tipo só faz aumentar, e é possível desafiar um amigo numa dança, correr provas de rua, saltar, agachar... Da pra cansar só de falar. Atualmente, várias marcas disponibilizam jogos com sensor de movimentos, é o caso da Sony, com seu Nintendo Wii, além de outras que resolveram disputar espaço por esta fatia do mercado. 
  Contudo, deve-se alcançar uma intensidade moderada durante o jogo (que deixe você um pouco ofegante), para que ele proporcione benefícios iguais a uma atividade física em ambiente real.
  Assim, a pratica regular dos jogos: Wii Fit Free Jogging, Xavix J-Mat Fitness Game, Dance Dance Revolution (Sony Playstation2), Wii Boxe, Kinect Sports, fornecem benefícios semelhantes a de uma atividade física em ambiente natural de lazer, e são considerados de intensidade moderada-intensa, pois elevam os batimentos cardíacos a níveis similares ao de exercícios físicos (60 a 80% da frequência cardíaca máxima), podendo gastar entre 150 e 320 Kcal em 30 a 40 minutos de jogo, ou seja, o equivalente à uma caminhada a 5,7 km/h. Segundo alguns estudos, estes games "EXERGAMES" tem o potencial de contribuir para o aumento da atividade física diária em crianças, adolescentes e adultos sedentários de uma maneira prazerosa e descontraída.   
Texto por RaphaelPerrier, com colaboração de Anderson Santos Personais da MAIS Atividade Física.

2 comentários: